16 de abril de 2017

Conheça o "Letters of Note"

O incrível projeto “Letters of Note” reúne e classifica transcrições e imagens de cartas, postais, telegramas e memorandos famosos e históricos. São materiais enviados por qualquer pessoa que possa contribuir e selecionados e postados por Shaun Usher, que também é responsável pelos blogs “List of Note” e “Letterheady”. Cada post do Letters of Note tem uma introdução sobre o contexto da carta em questão. Separei alguns, com um pequeno resumo, para vocês verem:

Manuscrito de David Bowie
Essa carta foi uma resposta à primeira carta de fãs norte-americanos recebida por David Bowie, em 1967. O jovem camaleão, então com 20 anos, deixou seus afazeres de lado e correu responder a fã Sandra Dodd. Na carta-resposta, Bowie diz que tem “uma cópia do álbum americano e eles imprimiram a foto um pouco amarelada. Eu realmente não sou tão loiro”. Ele finaliza o escrito pedindo para a fã lhe escrever de novo e contar mais sobre si mesma. 

Manuscrito de David Bowie
Outra carta, também do Bowie, dessa vez de 1974, mostra uma resposta padronizada, enviada para vários fãs, onde o cantor se desculpava pela demora em responder e justificava com toda a correria do novo álbum. 
Manuscrito sobre Laranja Mecânica
Uma carta datada de 1968 do produtor de Hollywood Si Litvinoff falava sobre o filme ainda não feito de Laranja Mecânica, onde Mick Jagger era cogitado para o papel de Alex e a trilha sonora seria feita pelos Beatles. Quando a preferência para o papel de Alex foi primeiramente dada a David Hemmings e não ao vocalista dos Rolling Stones, houve uma petição (imagem acima), assinado inclusive por Marianne Faithfull e pelos quatro integrantes dos Beatles. 
Manuscrito de Andy Warhol
Essa carta é uma resposta sobre informações biográficas de Andy Warhol para o editor Russell Lynes, da revista Harper’s Bazaar. Andy tinha acabado de se formar e disse que sua “Vida não poderia encher um cartão de moeda de um centavo”. Acrescentou que nasceu em Pittsburgh em 1928 “como todos os outros - em uma usina de aço”, que havia se formado em Tecnologia na Universidade Carnegie Mellon e que morava no momento em Nova York em um apartamento infestado de baratas.

Veja no Blog: http://www.lettersofnote.com/2010/01/my-life-couldnt-fill-penny-postcard.html

Recado de Frida Kahlo para Diego Riviera
Esse recado de Frida Kahlo para seu marido, Diego Riviera (que estava em São Francisco pintando um mural), foi escrito em um envelope. Ele começa com um simples “Diego, mi amor” e já é o suficiente para arrepiar! 
Manuscrito de Edgar Allan PoeHoje em dia é quase impossível imaginarmos um mundo onde Edgar Allan Poe passava por dificuldades financeiras. Na carta acima, que ele enviou junto com um manuscrito, podemos vê-lo pedindo por publicação, já considerando uma possível rejeição ao acrescentar que “caso o M.S. não for aceito, favor devolver o mais rápido possível, por correio”. Ele ainda se desculpa por ter bebido demais em Nova Iorque, num dia em que encontrou os editores, e joga a culpa em seu amigo William Ross Wallace.
Manuscrito de Agatha Christie
E essa carta de Agatha Christie se recusando a dar publicidade para o Departamento de Marketing do Reino Unido? 
Ao todo, são cerca de 900 manuscritos registrados pelo Letters of Note. Eu tenho certeza que vou passar muito tempo ainda vasculhando os arquivos. Espero que tenham gostado da dica! ;)

Nenhum comentário: